lá longe, no alto


...atirei-lhe uma mensagem e, mesmo sem a ver, senti-a. lá do longe, sorriu. por momentos, atirou com tudo ao lado, abriu os lábios e sorriu. e eu, de onde estou, senti-lhe a felicidade. senti-lhe a mão e disse-lhe: agora estou aqui. ela, levantou a feição, endireitou-se, e, mesmo sozinha, festejou...
 
LBorges
17-12-2014

Comentários

Mensagens populares deste blogue

CANÇÃO DA MOÇA-FANTASMA DE BELO HORIZONTE

CANTIGA DOS AIS

Aconteceu-me