O GUARDADOR DE REBANHOS - X

X
 
«Olá, guardador de rebanhos,
Aí à beira da estrada,
Que te diz o vento que passa?»
«Que é, vento, e que passa,
E que já passou antes,
E que passará depois.
E a ti o que te diz?»
«Muita cousa mais do que isso.
Fala-me de muitas outras cousas.
De memórias e de saudades
E de cousas que nunca foram.»
«Nunca ouviste passar o vento.
O vento só fala do vento.
O que lhe ouviste foi mentira,
E a mentira está em ti.»
 
                                 Fernando Pessoa 

Comentários

Mensagens populares deste blogue

CANTIGA DOS AIS

CANÇÃO DA MOÇA-FANTASMA DE BELO HORIZONTE

Aconteceu-me