ILHA DA SUJEIÇÃO

era uma vez uma ilha
era uma vez um menino
um negro velho dedilha
as cordas dum violino

era uma vez uma flor
era uma vez um navio
flor perfumada do rio
e o rio ficava maior

era uma vez um portal
era uma vez um segredo
areias de Portugal
como a distância faz medo

era uma vez um cometa
lar oculto nome santo
silêncio e voo de seta
magia negra quebracho

era uma vez ilha
e mar menino negro navio
flor que perfumava o rio
nome santo o culto lar

era uma vez minha avó
o menino adormeceu
está calmo está frio está só
está inteiramente seu

                                                                               Daniel Filipe



Comentários

Mensagens populares deste blogue

CANTIGA DOS AIS

CANÇÃO DA MOÇA-FANTASMA DE BELO HORIZONTE

Aconteceu-me